Skip to content

VINTAGE

11/01/2011

Há alguns dias, em um bate-papo, percebi que eu não sabia muito bem o que significa a palavra “vintage”, em sua mais ampla acepção. Na minha cabeça tinha a ver com os anos 20, “respingando” para coisas com ar retrô de qualquer época e pronto. Mas na hora, no papo, pareceu que tinha mais caroço neste angu, então eu resolvi ficar na minha, fazendo a linha “aluna ouvinte”.

Como adoro coisas com ar retrô e detesto ficar com cara de paisagem durante um bate-papo (por mais informal que seja), resolvi dar uma pesquisadinha básica no estilo vintage e fazer um post aqui no Ouvidoria. Quem conhece o blog sabe que somos, além de doidos por design, doidos também por design vintage, retrô e todos os etcéteras e tais.

O que descobri é que o vintage basicamente recupera estilos de peças ícones, clássicas ou marcantes dos anos 20, 30, 40, 50, 60. Mais recentemente os anos 70 e 80 passaram também a ser incluídos, por alguns estilistas mais descolados, nessa contagem. Assim, pode-se ouvir por aí que um óculos escuros redondos, com as lentes azuis, tipicamente do flower power dos anos 70, são peças de estilo vintage. Maluco não? Eu juraria de pés juntos que isso não faria o menor sentido. Mas basta um passeio pelo mundo da moda pra ver que sim, os ícones setentistas e oitentistas (e pasme – até os noventistas!) estão no trem do “vintage style”.

No geral, junto a cadeiras com pés de palito e blusinhas bufantes em petit-pois, a figura que mais se “gruda” a essa denominação de estilo são as famosas “pin-ups”. Para lá e além das ditas cujas, temos Dita von Teese, Betty Boop, sapatos Oxford, maiô engana-mamãe, Brigitte Bardot, carrões rabo-de-peixe, garrafinhas de Coca Cola, etc., que são as top delícias do estilo. E que atire o primeiro vinil de Barry White aquele que não se rende a todo este charme retrô.

Vale lembrar que, se você procurar o significado da palavra vintage no dicionário, não vai encontrar este papo todo de moda e estilo não. No Houaiss, por exemplo, o que surge é a palavra em sua designação de origem, que vem de VINT (relativo à safra de uvas) e AGE (idade). É aplicada à colheita de uvas (ano de safra) e às características de determinados vinhos do porto, de qualidade excepcional e proveniente de uma só colheita.De qualquer forma, o estilo vintage pode ser definido como um apanhado do que há de mais marcante nas décadas passadas. Uma tendência que está acima de modismos e que pode ser aplicada a vários setores além da moda, como decoração, mobiliário, música, artes plásticas e muito mais.

A ideia mais bacana do estilo vintage é trazer para o presente, com tudo o que a tecnologia pode proporcionar de bom, os detalhes mais marcantes de épocas passadas. Vale brincar com o saudosismo, sim, mas o olhar é para frente. A mistura do passado com o presente é que dá o maior charme a este estilo irresistível. Como esse pendrive aí da foto, em formato de Kombi.

Bom, isso foi o que percebi em minhas pesquisas (não muito aprofundadas, confesso). O que você achou? Adoraria ouvir a sua opinião.

(Em tempo: a “bomba de gasolina” que abriu e está encerrando este post é na verdade uma cristaleira supermoderna e charmosa, que também é uma ice-box. Você pode vê-la de perto na loja Ouvidor. Apareça!)

Anúncios
7 Comentários leave one →
  1. 11/01/2011 17:42

    Eu adoro coisas vintage. Sou louca por essa cadeira
    vermelho com branco, juntamente com a mesa de fórmica vermelha e
    pernas cromadas. Ficaria lindo na minha futura sala de jantar.
    Enfim, gosto demais de coisas retrô, mas acho que em exagero acaba
    ficando cafona… A não ser que seja feito por um decorador. Eu não
    arrisco a decorar, sozinha, uma casa inteira assim. Parabéns pelo
    post! Beijão.

    • Clarisse Ilgenfritz permalink*
      11/01/2011 20:17

      Coisa boa receber sua visita aqui, Jacqueline! Um loosho!

  2. 09/03/2011 11:08

    adorei Clarisse! adoro esse estilo vintage q até ler seu post chamava só de retrô! um beijo

    • Clarisse Ilgenfritz permalink*
      09/03/2011 12:16

      Tb amo, Mari! Obrigada pela visita!

  3. Lediane Mendes permalink
    21/01/2012 21:33

    coke

Trackbacks

  1. Retrô é um loosho! « Um loosho!
  2. Vintage colors « Ouvidoria

Deixe aqui seu comentário. Será um prazer respondê-lo.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: