Skip to content

Ouvidor & Casa Cor

14/10/2011

Foi muito legal conferir de perto a utilização de peças da Ouvidor pelos arquitetos em seus ambientes, neste que é o maior e mais importante evento de arquitetura e decoração do Ceará. Adorei ver a criatividade dos profissionais, transformando as peças conforme seu bel prazer e a “necessidade” do projeto: a estante vira aparador, o modulado vira divisória, o banquinho vira criado-mudo…

Vou dividir aqui com você a minha visão sobre peças e ambientes, lembrando duas coisas: a primeira é que você não pode deixar de visitar a Casa Cor, está realmente muito show. A segunda é para “relevar” a qualidade técnica das fotos, pois como fotógrafa eu sou uma ótima redatora, tá? De qualquer forma tenho certeza de que você entende e compartilha a ideia de que o que realmente vale é o registro, é a criatividade dos ambientes, é a qualidade do trabalho exposto. Certo?

Vou começar mostrando a Sala de Estar, do arquiteto Rodrigo Maia. (Ele já esteve no Ouvidoria.)

O mix de cores e peças, com o tradicional e o novíssimo em harmonia, dão o tom neste ambiente. O clássico encontra o engaste perfeito na ousadia do arquiteto. Não deixe de conferir lá na Casa Cor, principalmente para sentir o toque dos tecidos, a maciez, as texturas. Nesse espaço as cortinas em linho 100% (da Tecidos Ouvidor) garantem leveza, sofisticação e aconchego – itens que são melhor apreciados in locu.

Na sala de estar a estante modular Montera, na cor argila, já chama a atenção logo na chegada.

Veja como o sofá Aya - um clássico - se deu bem com a mesinha Chess (Moooi) e a poltrona Cinquenta (Doïz Design), revestida em tecido azul mesclado com rolutê contornando de preto (JRJ).

Adorei o trio fantástico: luminária Lolita (Moooi), cadeira Spun (Magis) e mesinha Tip Top (Kartell). Repare que a composição fica muito mais valorizada com a cortina no background: linho Prada, 100% linho. Lindo!

A poltrona Mole do mestre Sérgio Rodrigues diante do buffet Dior: mais uma união feliz. Pena que minha foto cortou a almofada Missoni, estampa Kigali, estrela da coleção! Esta falha da "fotógrafa" sim, foi imperdoável!

"De costas" para o sofá, o buffet Fanny, do designer Alfio Lisi (sou fã do trabalho dele).

Finalizando o ambiente do Rodrigo Almeida, destaque para o revestimento com tecido da Wallpaper, da grife Casamance, exclusividade Tecidos Ouvidor

Agora passemos para a Sala de Jantar, do arquiteto Erico Monteiro. (Ele também já esteve aqui no Ouvidoria.) Gostei muito do ambiente, suntuoso e elegante, principalmente pelo jogo de claro e escuro (onde o escuro sai vencedor). Veja como os toques de cor e de luz envolvem os sentidos de quem entra no espaço. Sensacional.

Para começar, a mesa Jet de Guilherme Torres - exuberante, na cor rosa! - surge cercada de cadeiras Guigo.

A prateleira Chaix faz as vezes de bancada, apoiando quadros e objetos: leveza, movimento, simplicidade

A namoradeira em puro algodão (tecido de fibra natural, aconchegante e supermacio) e a mesinha de apoio torneada dão um toque romântico ao ambiente.

A mesa Jet na cor rosa é poderosíssima, espetacular, dispensa comentários. Mas não dispensa uma foto só dela...

O recamier Versailles ganha uma versão nova e superluxuosa com o revestimento em tecido da Designers Guild, assinado pelo estilista Christian Lacroix.

Muito legal a Suíte da Filha Adolescente, de Manoela Correia e Melissa Dall’olio. A impressão (deliciosa) que passa é que a dupla de arquitetas se divertiu criando este ambiente. É só perceber a natureza lúdica das peças escolhidas. Show!

Você precisa ver este ambiente pessoalmente e sentir de perto a beleza e maciez da colcha Missoni, das almofadas Designers Guild. Ah, sim: parece que adolescentes curtem mesmo perfume, né?

Cadeira Him, da Casamania. Ou seria a Her? Sinceramente, não importa. Essa cadeira é sensacional!

Meu canto preferido: mesa Finnis, Fresh Fat Chair (Tom Dixon) e banquinho Cê Senta (Zanini de Zanine)

Chegamos, então, à Suíte do Casal, de Brenda Rolim. Um ambiente muito moderno e acolhedor, com utilização diferenciada de peças que já são, em si, ícones. Confesso que curto muito este tipo de “atrevimento”. Além disso, as referências pop estão em cada pequeno detalhe. Adorei!

Banco Muki (como bancada), cadeira Nimrod (Magis) e o banco-mesina-fofo Puppy (Magis). A cortina (da JRJ) é linda, prática e segue o tom de modernidade: em linho 100% washed, pode lavar na maquina e secar na secadora.

Banquinho Offcut (Tom Dixon) "disfarçado" de criado-mudo. Acho que essa divisória são os módulos Scarpa... Sobre a roupa de cama, vale um texto mais detalhado. Aí, logo abaixo.

Detalhe especial para os lençóis e fronhas e almofadas e colcha deste ambiente. Tudo em percal 400 fios da JRJ (exclusividade Tecidos Ouvidor). Repare na proposta inovadora da colcha, fininha, macia; ninguém aguenta mais colchas volumosas que não cabem em lugar nenhum… E mais: só estando lá mesmo para perceber que a colcha é cheia de brilho! Esta composição sofisticada e exclusiva, escolhida pela arquiteta, são arrematados pela peseira em tecido Wallpaper (Casamance).

Preciso de um parêntese para destacar aqui a almofada DG Christian Lacroix que mal e mal apareceu na foto! Fantástica, de dupla utilização, de um lado uma paisagem romântica e renascentista, de outro um ícone geométrico moderno e atual. Fiz aqui um post sobre ela, e, na hora de fotografar o ambiente, olhei para todo lado e simplesmente “marquei bobeira”, não fiz a foto da almofada, que é show. Imperdoável, mas prometo me recuperar com novas fotos, em breve!

Esta bancada em amarelo ficou sensacional próxima à divisória turquesa. O nome do evento é Casa COR, certo?

Bem, era isso. Espero que a baixa qualidade técnica das minhas fotos (preciso me focar, preciso me focar! Hahaha) não tenha comprometido a alta qualidade do trabalho dos arquitetos. Ah, certeza que não! Afinal, acho muito mais importante fazer um registro pessoal e verdadeiro do que simplesmente usar o famoso CtrlC+CtrlV como alguns colegas blogueiros usam, você não acha?

Ah, sim. As peças que ganharam destaque neste post – entre móveis e tecidos – estão à disposição de quem se interessar na Loja Ouvidor. Apareça lá para conferir!

Anúncios
5 Comentários leave one →
  1. JOAO BATISTA permalink
    20/10/2011 15:54

    Boa a matéria por estar destacando algumas poucas ideias legais nos ambientes desta edição do Casa Cor. Legal a cadeira Spun (Magis) do ambiente do Rodrigo Maia porém que passa por lá sequer imagina que aquilo é uma cadeira e o quanto ela pode ser legal e divertida se for experimentada.Pena que foram poucos os que trazem alguma novidade. A maioria dos ambientes não ficarm bem resolvidos: poucas soluções inovadoras, muitos deles entulhados de informações, funcional e esteticamente mal resolvidos, etc. Minha opinião era que o evento fosse realizado a cada 2 anos, daria uma respiro e tempo pra serem apresentadas porpostas mais originais. Fico vendo fotos das outras mostras e me parece que está tudo igual, não importa se em SP, Brasilia, Belém…As referencias ao Ceará se resumem ao artesanto, dando costas para a beleza do mar que estando ali do lado poderia ser incorporado muito inteligentemente à mostra.No mais valeu o esforço de trazer uma opinião mais original.

    • Clarisse Ilgenfritz permalink*
      26/10/2011 22:41

      Joao Batista, concordo demais com você! E também achei que a Spun poderia ter sido mais “utilizada” em seu lado lúdico. Eu mesma fiquei super a fim de sentar nela e tentar dar umas rodopiadas, mas não me senti à vontade. Pena, né? Ah, e obrigada pela visita, pela sua opinião e por ter assinado o blog. Valeu!

  2. kaka permalink
    26/10/2011 00:02

    Oi,

    Gostaria de saber se vcs vendem peças da Adresse. Estou interessada no buffet Cascaldi ( medidas: 181,5×51,2×78). Não moro em Fortaleza e queria saber se vcs enviariam para minha cidade sem eu precisar ir a loja( poderia pedir a uma familiar meu que reside na capital para ir até ai)

    Meu email: kauchoa@terra.com.br

    • Clarisse Ilgenfritz permalink*
      26/10/2011 22:44

      Oi, Kaka. A esta altura você já deve ter recebido uma resposta da Camila, do Comercial, certo? Pois é isso aí, pelo jeito o seu buffet Cascaldi está cada vez mais perto de você… Grata pela visita (e pela preferência), volte sempre!

Trackbacks

  1. Entrevista: Brenda Rolim « Ouvidoria

Deixe aqui seu comentário. Será um prazer respondê-lo.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: