Skip to content

Francesca Woodman

30/01/2012

É de impressionar a força do trabalho desta fotógrafa americana. Francesca Woodman começou a fotografar aos 13 anos, e sua obsessão era fazer registros do próprio corpo, sempre em P&B, ângulos estranhos e em locais decadentes, melancólicos. Geralmente suas fotos tinham movimento, e ela usava grandes exposições, o que fazia seu corpo parecer em fusão com as paredes descascadas, as casas em ruínas, os cacos de vidros, espelhos, rebocos e coisas demolidas ao redor. Autorretratos de uma alma atormentada.

Sua obra intensa parecia anunciar, através de uma simbólica e inquietante busca interior, um trágico final: a fotógrafa suicidou-se aos 23 anos, tornando-se cult entre os amantes de arte e fotografia, deixando atrás de si uma legião de fãs.


Soube há pouco que 160 das fotos de Francesca Woodman, muitas delas ainda inéditas, estarão reunidas em uma exposição (que fica em cartaz até 20 de fevereiro) no San Francisco Museum of Modern Art. A mostra irá depois para o Guggenheim de NY.

Neste vídeo, você faz um tour no mínimo comovente pelas obras da fotógrafa, ao som da música “Vai Vedrai” do Cirque du Soleil. É isso. Fica aqui o registro deste talento perturbador.

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. Francisco de Holanda Marques Jr permalink
    30/01/2012 11:29

    speechless

  2. 31/01/2012 09:14

    Lindo, perfeito!!!!!!!!!!
    Amo fotografia na decoraçao! AMo!!!!!!!!

Deixe aqui seu comentário. Será um prazer respondê-lo.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: