Skip to content

A arte do dia

09/11/2012

Um carimbo, destes de datar documentos, onde a gente vai mudando dias, meses e anos. Eis o “pincel” do artista plástico italiano (radicado em Berlim) Federico Pietrella.

O trabalho, todo monocromático, é realmente impressionante.

Ele não só usa as datas, os dias, na composição de suas obras, como retrata cenas cotidianas, banais, corriqueiras. Tudo ganha, assim, uma dimensão filosófica bastante interessante (mas só se a gente quiser filosofar, claro). Federico usa na maioria das vezes a data em que a obra foi feita, mas também datas importantes na vida dele, por um ou outro motivo.

É o próprio artista quem diz: “Nossa vida é um calendário, que vai sendo preenchido dia após dia”.

 

Nas mãos do italiano, o carimbo-datador, como é chamado, pode ser tudo: saudade, instantâneo, momento, lembrança, retrato, arte, sonho, sedução, convívio, magia, registro, homenagem, delicadeza, espelho, paisagem… Tudo. Menos um objeto burocrático, como era de seu costume.

Vale assistir este vídeo sobre o artista e seu trabalho.

Anúncios
No comments yet

Deixe aqui seu comentário. Será um prazer respondê-lo.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: